Buscar
  • Ramon Batista Pereira da Silva

Conheça as 11 Vantagens da Energia Solar

Atualizado: 17 de Nov de 2020

O crescimento acelerado da energia solar no Brasil demostra que, na balança de vantagens e desvantagens da aquisição do sistema de energia solar, as vantagens estão com peso muito maior do que as desvantagens, evidenciando a viabilidade da compra de um sistema fotovoltaico.


vantagens energia solar

A energia solar fotovoltaica desde 2012 vem ganhando cada vez mais espaço na matriz energética brasileira seguindo a revolução energética que acontece em países como Estados Unidos, China e Alemanha que são pioneiros em utilizar a energia solar fotovoltaica.


Essa tendência mundial em utilizar a luz do sol para gerar energia elétrica traz maior segurança para quem investe em energia solar, afinal energia solar é a energia mais democrática do mundo,


a final, O sol nasce para todos.


1 - Economia:

Conta zerada? É isso mesmo?


O principal benefício para quem instala um gerador de energia solar fotovoltaica é a redução obtida na conta de energia elétrica.


No entanto, propagandas que divulgam que a conta de energia será zerada utilizam-se de uma abordagem errônea, pois segundo a regulamentação da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), mesmo que a unidade consumidora tenha instalado um sistema fotovoltaico será cobrado a tarifa de disponibilidade ou demanda contratada além da taxa de iluminação pública.


A economia, no entanto, está diretamente vinculada à eficiência e garantia dos equipamentos utilizados.

eficiencia garantia economia

O mercado fotovoltaico atual disponibiliza sistemas:

✅ que produzem até 25% mais energia (segundo testes independentes);

✅ com até 25 anos de garantia no microinversor fotovoltaico.


Esses itens trazem a segurança de obter:

👉maior geração de energia,

👉maior tempo de operação do sistema e, como consequência,

👉maior economia.



2 - Emancipação Energética

Ao gerar a sua própria energia você não fica refém dos valores tarifários que a concessionária de energia elétrica cobra por todos os kWh consumidos, da mesma maneira que não sofre com os reajustes e a aplicação de bandeiras tarifárias que oneram significativamente o valor da sua conta de energia.


⛔conta de energia

⛔aumento da tarifa

⛔bandeiras tarifárias


3 - Investimento

O ponto mais importante a levar em consideração é que diferentemente da maioria dos itens que adquirimos, a energia solar fotovoltaica é um investimento que gera retorno financeiro.

A popularização de sistemas fotovoltaicos, bem como os avanços tecnológicos, vêm contribuindo para a queda do seu preço.


Atualmente o investimento em sistemas fotovoltaicos consegue um retorno em aproximadamente 3 a 5 anos e uma rentabilidade de até 3% ao mês no período de amortização do valor investido.


Após o período de amortização do investimento, o sistema gerará receita até o fim da sua vida útil. Portanto, como citamos anteriormente, para que haja maior geração de energia o importante é escolher equipamentos mais eficientes e com maior garantia.

Outro ponto importante a se destacar nesse assunto é a segurança do investimento. O sistema é implantado em propriedade particular, portanto este capital não é colocado em mãos de terceiros, tendo assim a guarda e a manutenção sob vigilância do próprio usuário.


4 - Financiável

Projetos com equipamentos fotovoltaicos atualmente são contemplados por linhas de financiamento específicas.


Existem instituições financeiras que financiam o sistema por um prazo de até 72 meses e com taxas a partir de 0,6% a.m. (no âmbito comercial).


No entanto, linhas especiais de financiamento, principalmente que fomentam atividades comerciais, possuem prazos mais extensos e taxas mais reduzidas.


Grande parte das linhas de financiamento aceitam o equipamento como garantia, não tendo a burocracia de apresentar garantias adicionais.


Empresas fotovoltaicas de maior credibilidade conseguem até mesmo simular o financiamento, mas vale a dica: geralmente a menor taxa obtida será no banco em que o tomador tenha relacionamento.



5 - Sustentabilidade

Diferentemente das demais fontes de energia da matriz energética brasileira, que queimam combustíveis fósseis para gerar energia (uma das formas mais ultrapassadas do mundo, sendo ainda muito exploradas no Brasil), a energia solar fotovoltaica é:

✅ limpa;

✅silenciosa;

✅ não gera resíduos tóxicos ou gases danosos à camada de ozônio,

contribuindo assim com o meio ambiente.


6 - Valorização dos Imóveis

Uma realidade que chega ao Brasil bastante exploradas em outros mercados, especialmente em países que já exploram energia solar a mais tempo, é a valorização dos imóveis que possuem sistemas de energia solar.


Segundo estudos desenvolvidos pela empresa SunPower, uma das maiores do segmento solar nos Estados Unidos, a valorização média do imóvel que possui gerador fotovoltaico é de aproximadamente 8%, pois compradores visam fazer propostas de compra maiores tendo em vista o potencial econômico e rentabilidade dos sistemas fotovoltaicos.

Para que o gerador fotovoltaico tenha o seu valor agregado na venda do imóvel é importante salientar que depende muito do tipo de equipamento instalado. Equipamentos que atendem às normas de segurança internacionais e que possuem maior garantia são mais cobiçados e se tornam um grande diferencial no mercado imobiliário.


7 - Qualidade de Vida

Uma prática muito comum dos brasileiros é evitar ao máximo o uso de equipamentos elétricos com o fim de economizar energia. Nada mais justificável do que isso, pois atualmente, o preço da energia no Brasil é considerado o 6º maior do mundo. Nada melhor que depois de uma jornada de trabalho, ao chegar em casa, poder ligar o ar condicionado e desfrutar do conforto de seu lar sem ficar regrando qualidade de vida a você e a toda sua família.

Ao instalar o sistema de energia solar fotovoltaica o consumidor poderá ficar com a consciência tranquila, pois estará gerando sua própria energia. E isso não é uma exclusividade de pessoas com poder aquisitivo elevado. Existem equipamentos que viabilizam a aplicação em projetos sociais devido a sua modularidade, podendo funcionar até mesmo com apenas um módulo fotovoltaico.


No entanto, há estudos que apontam que consumidores, após seis meses de uso do sistema de energia solar, tendem a aumentar o seu consumo de energia elétrica. Um consumo que antes era menor se torna maior quando se tem um sistema de energia solar. Portanto, o fator mais preponderante a investidores em energia solar é buscar sistemas que permitem ampliar ou até mesmo fragmentar o sistema sem que haja perca do investimento inicial. Atualmente os sistemas fotovoltaicos baseados na tecnologia de micro inversores permitem maior flexibilidade nesse quesito.



8 - Facilidade na instalação


No geral os sistemas fotovoltaicos são de fácil instalação.


Equipamentos mais tecnológicos geram menos impacto na estrutura existente do imóvel e reduzem em até 60% o tempo de instalação em relação aos equipamentos convencionais.

Tecnologia como a dos micro inversores reduz o impacto de alteração na edificação, uma vez que não altera e não modifica espaços do imóvel.


Os micro inversores possuem proteções para serem instalados juntamente ao painel fotovoltaico, enquanto que os sistemas tradicionais são mais complexos para se instalar, sendo necessárias alteração ou intervenção para passagem dos cabos até o inversor de parede.



9 - Local da instalação:


Energia solar fotovoltaica em apartamento? É possível?


Uma grande dúvida no mercado está em saber se é possível adquirir um sistema fotovoltaico mesmo sem um telhado para instalar os equipamentos, como em apartamentos.


Queremos tranquilizar que sim, é possível, especialmente para os que moram em apartamentos ou moradia de múltiplas unidades onde há limitações em telhados.


A ANEEL, em suas disposições efetuadas na Regulamentação Normativa 687/2015, autoriza a transferência de créditos de uma unidade consumidora para outra desde que na mesma titularidade e na mesma região de atendimento da atuação da concessionária, denominada geração remota. Portanto, é possível gerar em uma casa de veraneio, chácaras ou demais tipologia de imóveis e transferir o crédito para apartamentos e outros imóveis que tenham limitação de espaço.



10 - Necessidade mínima de manutenção


A manutenção é bastante simples, porém necessária.


Essa manutenção consiste na checagem de cabos e limpeza dos módulos e sua periodicidade depende muito das características e condições climáticas locais.


No entanto, é importante que essa manutenção seja feita por equipes especializadas, pois existem garantias envolvidas nesse processo e riscos com a energia.



11 - Seguro


A preocupação hoje de quem adquiriu um sistema fotovoltaico é de ter a garantia que o sistema funcionará durante sua vida útil.


Porém, há fatores indesejados que podem ocorrer, sendo eles fenômenos naturais ou eventuais, como: vendaval, chuva de granizo, roubo, oscilação da rede da concessionária, descargas elétricas e demais fatores.


Portanto, não se preocupe. O sistema fotovoltaico, assim como qualquer item de valor expressivo, é objeto de ser segurado. Existem várias seguradoras oferecendo seguros por um valor acessível para essas situações. Empresas mais conceituadas no mercado oferecem estes seguros que podem ser facilmente contratados e renovados anualmente pelo proprietário do sistema.

391 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo